11 Setembro 2017

Temporada de Furacões em Brasília

Publicado em Comentário Político

Temporada de furacões em Brasília. O cenário político está sendo devastado por revelações de corruptos, denúncias de delatores e até por inconfidências de alcova.

No olho da tormenta, o açougueiro predileto de Lula e delator número 1 da República, Joesley Batista teve pedido de prisão preventiva decretada pelo Ministro Edson Fachin e foi preso em São Paulo. Em vez de coquetéis na Quinta avenida agora Ticiana deve levar a quentinha do milionário na Papuda.

Em Curitiba o vendaval Pallocci deu uma pequena amostra da destruição que sua delação premiada deve causar.

Pallocci acusa Lula de ter um “pacto de sangue” com Emílio Oldebrecht e ter recebido um pacote de propina que incluía o terreno do Instituto Lula, o sítio em Atibaia, palestras com cachê de R$ 200 mil cada uma, além de R$ 150 milhões para as campanhas do ex-presidente. Segundo Pallocci, Dilma sabia de tudo.

A ventania causada pela apreensão de 51 milhões de reais por agentes da Polícia Federal em Salvador, colocou Geddel Vieira Lima de volta no presídio da Papuda.

Pra completar, o ciclone Lúcio Funaro revelou em delação premiada, que em apenas dois anos, 2014 e 2015, Geddel recebeu mais de  11 milhões de reais em dinheiro vivo. Falta agora descobrir de onde vieram os outros 40 milhões.

Como dá pra ver, as previsões para a semana que começa em Brasília não são nada boas. Tudo indica que o tempo vai mesmo fechar. Em meio à tempestade de denúncias o melhor é esperar pra ver...

Comentários (0)

Deixe um comentário

Você está comentando como visitante.